Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.6/5 (2104 votos)

ONLINE
1





Total de visitas: 477385

Psicoterapia: recurso a se lançar mão em momentos

Psicoterapia: recurso a se lançar mão em momentos

                                               

                                        Psicoterapia: recurso a se lançar mão em momentos difíceis.

A psicoterapia ou a psicologia clínica é um fenômeno contemporâneo que teve sua origem no final do século XIX. Psicologia clínica, em sentido próprio, se refere a uma área da psicologia ou uma área de atuação do psicólogo, na qual exerce a psicoterapia.

Na verdade, Psicoterapia é um termo genérico para falar das Terapias que atuam sobre o funcionamento psicológico. As Psicoterapias são estratégias de intervenções utilizadas por psicólogos clínicos (Resolução CFP N.º 010/00), para tratar das dificuldades humanas de natureza emocional, cognitiva, comportamental na relação com aspectos fisiológicos.

Existem vários tipos de Psicoterapias que se diferenciam dependendo do tipo de entendimento das origens, manutenção, evolução e tratamento dos sinais e sintomas. Entre elas temos: a Terapia Cognitivo-Comportamental, a Psicanálise, a Psicoterapia Humanista Existencial, a Terapia Corporal, a Terapia Transpessoal, etc.

O termo Psicoterapia vem do grego psykhē - psique, alma, mente, e therapeuein - cuidar, assistir, curar; primeira referência.

Psicoterapia refere-se às intervenções psicológicas que buscam melhorar os padrões de funcionamento mental do indivíduo e o funcionamento de seus sistemas interpessoais (família, relacionamentos etc.).

Desse modo, a Psicoterapia é um procedimento que visa buscar conhecimento e desenvolvimento pessoal e principalmente ajuda para aliviar ou atenuar o sofrimento humano, seja ele, expresso através de crises pessoais, crises profissionais, dificuldades nos relacionamentos afetivos, distúrbios emocionais refletidos no próprio corpo em forma de doenças e limitações físicas, fobias, medos, crises de pânico, depressão, timidez, baixa autoestima, perdas e lutos, a angústia física e/ou moral, dificuldades diversas entre tantas variedades de sintomas ou qualquer outro tipo de desconforto apresentado, sendo extremamente útil em momentos de mudança, em situações de transição, crises ou em momentos de decisão.

A psicoterapia é uma forma de intervenção que propõe auxiliar um indivíduo ou grupo de indivíduos a lidar melhor com os seus problemas, desenvolver, entender, mudar ou superar aspectos subjetivos que dificultam seu bem estar e ajustamento psicossocial, além de ser um recurso para o tratamento, cura ou alivio de problemas e transtornos psíquicos, por meio de técnicas psicológicas apropriadas.

Fazer Psicoterapia é muito mais do que falar com alguém sobre problemas ou dificuldades. A psicoterapia é uma relação profissional entre um terapeuta e um cliente que tem por base teorias psicológicas de efeitos científicamente comprovados. Isto marca a diferença dos relacionamentos com amigos ou familiares.

Desabafar com amigos, conversar com um médico atencioso, pode até ser terapêutico, porém não é o melhor recurso para afastar o sofrimento como é o procedimento psicoterápico realizado por um profissional especializado da área psicológica ou psiquiátrica, através de técnicas apoiadas em fundamentação teórica adequada e pertinente.

A relação entre paciente e psicoterapeuta não é uma relação de amizade, caso contrário, deixa de ser uma técnica científica implementada por um profissional qualificado, o que compromete a eficácia do tratamento.

Psicoterapia é um método de tratamento de problemas psicológicos e emocionais baseado no conhecimento científico do funcionamento psicológico. Constitui-se numa experiência enriquecedora, que promove o desenvolvimento pessoal, emocional e relacional, pelo que também pode ser útil a quem pretenda aumentar seu autoconhecimento e refletir acerca de si próprio, das suas emoções e relacionamentos.

No processo psicoterápico o ser humano entende melhor o que acontece consigo e com as pessoas com as quais convive, podendo tratar qualquer outro tipo de desconforto apresentado sendo útil em momentos de mudanças, em situações de crise ou em ocasiões de tomadas de decisão.

Através da Psicoterapia, o paciente tende a descobrir qual o melhor caminho a ser seguido, quais as mudanças necessárias a serem feitas para viver de forma saudável e satisfatória de modo a se sentir realizado com suas conquistas, seu jeito de ser e de se relacionar, promovendo tanto alterações de comportamento e aumento do autoconhecimento, como maior adaptação pessoal, social e profissional e maior liberdade interior.

A Psicoterapia objetiva o fortalecimento da capacidade de autogerenciamento do cliente, permitindo-lhe tomar para si o rumo da própria vida. Isso se dá através do aprofundamento de sua autopercepção e, por conseqüência, a compreensão de seu próprio funcionamento e dos fatores que interferem positiva ou negativamente em sua vida.

                                                                                  Profa. Dra. Edna Paciência Vietta

                                                     Psicóloga Cognitivo-comportamental Ribeirão Preto